domingo, 19 de outubro de 2008

Nunca vou esquecer das vezes que me senti usada por algumas pessoas, a sensação de nojo que percorre todo o seu corpo e a tristeza que te faz querer chorar, correr, sumir, mas você não sai, não some, fica ali. Doeu tanto e de repente você aparece assim, desse jeitinho, com esses olhos, e me trata como mulher e não objeto, não me sinto usada e sim amada. Então eu pergunto, Deus, como pode? Como pode existir alguém assim que me completa e me é suficiente, hein?


Camila Meneghetti

2 comentários:

Paulo disse...

20/10/2008 1 mês...
muito obrigado tá

:@

Suellem (Manaus) disse...

Nossa Camila...vc me encantou...tudo muito verdadeiro...já li vários...e são tão bons que, embora ocupada, não me conti em conhecer mais...Parabéns...sempre voltarei por aqui...