terça-feira, 20 de abril de 2010

Toda ovelha é metade lã

Toda saudade é metade lá

Todo encontro é metade cá

Toda ordem é metade caos

Todo bem é metade mal

Todo pai é metade mãe

Todo alimento é metade pão

Todo caminho é metade pó

Toda escolha é metade só

Toda vida é metade sol

Toda Terra é metade céu

Toda abelha é metade mel

Tudo aqui é inteiro seu

E, sem você, sou metade eu


Maurilo Andreas

3 comentários:

disse...

AMEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII...

Lyza. disse...

Parabens pelo blog.
Fiz um ontem com alguns poemas meus. Se puderes passa la. Grande Beijo!

Priscila Guimarães disse...

Olá
Eu estou te presenteando com um selo!Pegue no meu blogger, na postagem do dia 20 de abril. Espero que vc goste e parabéns.
Não se esqueça de seguir todas orientações.
Beijos da Prih!


ob: ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei!
Engraçado, simples, lindo!