segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Eu poderia ter o mesmo pai, a mesma mãe, ter frequentado o mesmo colégio e tido os mesmos professores, e seria uma pessoa completamente diferente do que sou se não tivesse lido o que eu li. Foram os livros que me deram consciência da amplitude dos sentimentos. Foram os livros que me justificaram como ser humano. Foram os livros que destruíram um a um meus preconceitos. Foram os livros que me deram vontade de viajar. Foram os livros que me tornaram mais tolerante com as diferenças. Foram os livros que me deram ânsia de investigar mais e profundamente o meu mundo secreto e o de cada pessoa... Para isso serve a Literatura: para incentivar nossa própria perseguição.

Martha Medeiros

Um comentário:

Fezzoka disse...

Hoje escutei de uma amiga ' não sabia que tu lia Dostoievski' .. sim, eu leio.. entre outros..

Descobri que os livros são ótimos amigos, te agregam valores e conhecimento sempre!


Um beijão pra ti