terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Serei eu o romântico, o ingênuo?
Serei o que quiseres em teu pensamento, tampouco me entendo, mais sinto-me livre para dizer: te amo muito, sem rendimento, aceso, amor sem formato, altura ou peso, amor sem conceito, aceitação, impassível de julgamento, aberto, incorreto, amor que nem sabe se é este o nome direito, amor, mas que seja amor.
Te amo muito, e subscrevo-me.


Martha Medeiros

2 comentários:

Amanda disse...

"subscrevo-me"...
Que lindo Camila, que trecho mais lindo esse da Martha...

Saudades flor, saudades de poder falar contigo.
Reserve um tempinho desse seu fim de semana pra mim hein?!

Beijos,

Camila Meneghetti disse...

final de semana todo é seu!