terça-feira, 17 de junho de 2008

Cada idade carrega uma dúvida, sentimentos, olhares. Mas alguém que atravessou uma fase irá entender isso, basta ter vivido um pouco mais do que dias, observar quem seria mais novo que nós e lembrar do que realmente era importante naquela época. Acredite nada tem a ver com faculdade, empresas, dinheiro. Crianças sonham coisas que ao mesmo tempo são simples e complicadas. Já fui astronauta, bailarina, espiã, jogadora de futebol, já fui tanta coisa. E no exato momento deixei de ser qualquer vulto, deixei tanto brilho para trás, não falo aqui de voltar para um sentimento sombrio, me alienar a modinhas. Falo daquele estado que alcançamos de paz, quando nada importa ou preocupa, não há necessidade de provar nada, de ser nada, apenas deixa isso. Sim, sim, pode ser o ócio, mas também pode ser aquela felicidade que a gente tanto espera o dia inteiro, o momento que podemos fazer o que quisermos e eu o faço, nesse exato momento construo e realizo vários dos meus desejos. Escrever pode ser revelador, por mais que tente esconder algumas coisas, acabamos nos traindo, deixando que o texto revele mais do que propusemos no início.
E é assim, viajo mesmo, vôo muito, era para ser um pensamento sobre as diferenças de idade e pulei para um estado de espírito. E dou outro salto para um assunto bastante usado já e qualquer palavra soará clichê demais, normal, mas sei lá, no fundo pode ser isso. Pode ser aquelas verdades que não gostamos de ouvir. Enfim, pensei na importância que as pessoas tem conosco, o quanto um alguém pode ir ali e te levar para um momento feliz ou de como somos importantes para os outros. Ser importante é uma coisa, saber que o é, nossa muda totalmente. Quando você olha um amigo e sabe que ele te ama, há ali uma confiança, sabe que é importante. Não sei se entendem aonde quero chegar, mas a nossa importância para com os outros depende da confiança que depositamos neles. Você só confiaria em alguém que goste, que já te provou o valor, ou que simplesmente te faz bem, existindo isso passaria a ser mais agradável com o ser e ele contigo. As pessoas quando querem ser agradáveis podem ser assustadoramente irresistíveis. Seguindo o raciocínio, quanto mais gentis, amigas forem vocês, mais crescerão na importância para com o outro.
Complicado eu sei, também me perco, mas é isso mesmo, ou viaja no seu mundo particular, ou então estará perdido. Dramático e drástico. Sim, alienados, no fundo somos isso, e por vezes enquanto consultamos nosso mundinho escapamos do que alguns chamam de mundo.

Camila Meneghetti

Um comentário:

Jessica disse...

Concordo que escrevendo, muitas vezes nos traimos.
"As pessoas quando querem ser agradáveis podem ser assustadoramente irresistíveis."
Essa frase me assustou. Lembrou de determinados fatos. oO
As frases estão lindas x)
Beijo